quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Corrupção é o principal problema das prefeituras do Brasil segundo enquete na Internet

Segundo enquete realizada pelo portal UOL, a corrupção é apontada pelos internautas como o principal problema das prefeituras do Brasil.

A lista de temas entre os quais os participantes da enquete podem votar inclui: Acessibilidade, Alagamentos, Áreas verdes, Asfalto, Buraco nas ruas, Coleta de lixo, Corrupção, Cultura, Educação, Emprego, Esporte, Falta de energia, Favelas, Habitação, Iluminação, Lazer, Moradores de Rua, Poluição, Saneamento, Saúde, Segurança, Trânsito e Transporte público.

Uma possível razão para que Corrupção seja citado como o principal problema na maioria dos municípios é por ser o único tema da lista que remete à qualidade da gestão pública, das relações Estado-sociedade, da política em sentido mais amplo. 

Ao escolherem corrupção, os internautas mostram sua percepção de que a qualidade das políticas públicas em todas as outras áreas depende de relações mais responsáveis, éticas e justas entre aqueles que fazem uma cidade - moradores, servidores públicos, governantes, empresários, trabalhadores em geral. Assim como depende de qualidade e disponibilidade de informações, de avaliação de resultados e de punição para os que lesam o interesse público.

Entre os que comentam a enquete do UOL estão o Professor Marcos Nobre, o Juiz Márlon Reis e o diretor  de ONG Claudio Weber Abramo. Citando trechos da reportagem:

O professor Marcos Nobre, comentando sobre a sensação das pessoas de que o sistema político é surdo à sociedade, diz que a palavra corrupção hoje tem sentido amplo. Para ele: "Corrupção adquiriu esses múltiplos sentidos. É como se resumisse as mazelas do país: vira um resumo para um sistema que se fecha, para essa sensação de exclusão política”. 

Para o juiz Márlon Reis, um dos idealizadores da Lei da Ficha Limpa, esse cenário indica que a população hoje enxerga na corrupção a raiz dos demais problemas. “Parece que a sociedade começou a despertar para o fato de que a corrupção é um problema anterior a outros problemas ligados a emprego, saúde e segurança pública”, disse. Para Reis, o maior acesso à informação tem papel fundamental nesse processo. “A população está, com frequência, diante de dados que apontam má gestão. Então é possível entender por que a saúde, por exemplo, não está da forma como deveria estar.”


Para Claudio Weber Abramo, diretor-executivo da ONG Transparência Brasil, é “natural” que a corrupção figure como um dos principais problemas das cidades.
“As pessoas veem a ausência do Estado e a ausência do poder público em inúmeras situações. E não há prevenção e combate à corrupção nas prefeituras do Brasil. Ninguém quer fazer [esse combate]. Para combater a corrupção é preciso ferir interesses de aliados, é preciso enfrentar a resistência de parte do setor privado e do funcionalismo. Ou seja, dá trabalho”, afirma.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conferência Regional da ISTR América Latina e Caribe ocorre de 18 a 20 de Outubro, em Quito, Equador

A 11 a edição da Conferência Regional da ISTR América Latina e Caribe ocorrerá de 18 a 20 de Outubro, em Quito, Equador. Pesquisadores do ...