quinta-feira, 29 de maio de 2014

Prof. Daniel Pinheiro participa de evento em Brasília sobre organizações da sociedade civil


                     Evento integrou Arena da Participação Social. Foto: Lydiane Ponciano/Divulgação

O professor da UDESC, Daniel Moraes Pinheiro, participou na última sexta-feira, 23, do evento "Pensando as Organizações da Sociedade Civil: a formação de uma rede de pesquisa", em Brasília, promovido pela Presidência da República.
O encontro reuniu pesquisadores, organizações da sociedade civil (OSCs), observatórios de políticas públicas e demais profissionais relacionados ao tema, visando mapear as pesquisas existentes e estimular a construção de uma agenda comum.
A intenção é criar uma rede de pesquisa para promover a reflexão crítica e a troca de conhecimentos sobre as OSCs e suas relações de parceria com o Estado.
A reunião dos pesquisadores integrou a programação do 2º Seminário Internacional do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), parte do evento Arena da Participação Social, realizado entre 21 e 23 deste mês.
Promovido pela Secretaria-Geral da Presidência da República, o seminário contou com o apoio da União Europeia, por meio do Projeto Diálogos Setoriais União Europeia/Brasil, e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Agenda ampla
O marco regulatório é uma agenda política ampla, que visa aperfeiçoar o ambiente jurídico e institucional relacionado às OSCs.
Suas ações abrangem tanto a dimensão normativa (projetos de lei, decretos, portarias) quanto a do conhecimento, com estudos e pesquisas, seminários, publicações, cursos de capacitação e disseminação de informações sobre o universo das OSCs.
O professor Pinheiro participou do encontro como pesquisador do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), onde são desenvolvidos estudos sobre o tema pelos grupos Politeia e Núcleo de Pesquisa e Extensão em Inovações Sociais na Esfera Pública (Nisp).
Ele tomou parte especialmente nos debates sobre a Plataforma de Pesquisadores do campo das OSCs, que se pretende desenvolver até 2015, para aproximar o trabalho e as necessidades de pesquisadores, gestores, articuladores, governo federal e de toda a sociedade civil.
Outra reunião do grupo deve ocorrer ainda este ano.

Compromisso
Em Brasília, o professor Pinheiro também acompanhou a cerimônia de lançamento da Política Nacional de Participação Social e do Compromisso Nacional pela Participação Social, com a presença de Presidenta Dilma Rousseff.
“Foi um momento muito importante, pois o governo federal assumiu institucional e politicamente o compromisso com o diálogo e com a participação social, e a presidenta declarou publicamente total apoio ao Marco Regulatório das OSCs”, destaca o professor Pinheiro.

Fonte:
Assessoria de Comunicação da Udesc Esag
Jornalista Gustavo Cabral Vaz
E-mail: gustavo.vaz@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8281

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Governo Federal lança plataforma de participação cidadã



A participação na implementação de políticas públicas chega a um novo patamar com o decreto da Política de Participação Social, assinado durante a Arena da Participação Social, que aconteceu entre os dias 21 a 23 de maio, em Brasília.
Durante a cerimonia, a chefa do Executivo anunciou o #ParticipaBR como mais um espaço fundamental para assegurar a participação social.

O ParticipaBR é um novo meio de participação cidadã através do diálogo entre o Governo Federal e a Sociedade Civil em uma plataforma de mídia social.
A intenção é debater temas propostos pela população, seja um cidadão comum ou organização, no intuito de estabelecer políticas públicas em sintonia com as prioridades de cada grupo que debaterá os temas.
O espaço virtual ainda está em processo de finalização, mas já está a disposição com alguns tutoriais e informações básicas sobre o sistema. A aposta do ParticibaBR é em práticas colaborativas, ou seja, construção coletiva do meio e dos fins da plataforma, totalmente desenvolvida em software livre.
Fonte: Ganesha

A participação cidadã contribui para o aprendizado social, para a inovação e construção de espaços públicos onde os diferentes atores podem se manifestar e publicizar questões e contribuições. 
A presidenta Dilma Rousseff ressaltou que o Participa.br é uma inovação para ampliar os mecanismos participativos. Destacou que "a participação social mostra o rumo que a população do país quer trilhar".
Cabe agora aos cidadãos, fazer uso intensivo e consciente da ferramenta! Participe! 

terça-feira, 6 de maio de 2014

Chamada de Trabalhos - Desafios contemporâneos para a gestão pública: participação, eficiência e accountability (Cadernos Ebape.BR)


Os Cadernos EBAPE.BR está reforçando sua chamada para recebimento de trabalhos com o tema  "Desafios contemporâneos para a gestão pública". Este tema, por si só, engloba três grandes áreas: accountability, eficiência e participação, de modo que ambos são fundamentais para o desenvolvimento da gestão pública de modo excelente e inovador.

Os Cadernos EBAPE.BR são um periódico online publicado no Rio de Janeiro, pela EBAPE/FGV (Fundação Getúlio Vargas) de modo que há livre acesso, ou seja, todos os trabalhos aprovados são publicados e em seus respectivos idiomas originais. A classificação Qualis Capes dos Cadernos é B1. Os autores dos trabalhos precisam seguir determinadas instruções para a submissão de trabalhos ao caderno.

O prazo final para submissões dos trabalhos é 31 de Julho de 2014.

Lançado o Dicionário para a Formação em Gestão Social


Foi lançado no último Encontro Nacional de Pesquisadores em Gestão Social - Enapegs, em abril de 2014, o Dicionário para Formação em Gestão Social.  Fruto do trabalho realizado pelo Observatório da Formação em Gestão Social, o Dicionário reuniu diversos autores para compor um guia básico de termos e temas relativos aos estudos em gestão social.

Destaca-se a participação de pesquisadores dos grupos de pesquisa da Udesc/Esag: Politeia - Paula Chies Schommer e José Franscisco Salm; NISP - Carolina Andion e Mauricio Serafim; e Callipolis - Leonardo Secchi.

O livro pode ser acessado na íntegra através do link:  

Observatório da Formação em Gestão Social  é um projeto de pesquisa tecnológica, desenvolvido no âmbito da Rede de Pesquisadores em Gestão Social (RGS), desenhado e implementado por cinco Universidades parceiras - UFBA, UDESC, UFCA, UFRB e PUC-SP, em sistema de cogestão, com apoio do CNPq e FAPESB, além de Universidades apoiadoras deste projeto. Tem o objetivo de contribuir para a discussão, consolidação e expansão da gestão social e das suas propostas de formação desenvolvendo pesquisa de base e pesquisa aplicada.

A UDESC é universidade parceira no projeto Observatório FGS, por meio do grupo de pesquisa Politeia - Coprodução do bem público: accountability e gestão. Conta ainda com a participação da professora-pesquisadora Paula Chies Schommer e da bolsista de graduação Tarsilla Bertoli. 

Conheça o observatório: 






Transparência com Cidadania é tema do Prêmio Boas Práticas em Gestão Pública Udesc Esag 2018

A segunda edição do Prêmio, promovido pela Udesc Esag e uma rede de parceiros, foi lançada no dia 01 de Novembro de 2017. As inscrições...