sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Conselho de Segurança de Florianópolis desenvolve plano de ação anual com apoio da Udesc

Primeira etapa do planejamento foi realizada em oficina promovida pelo Observatório Floripa Cidadã, nesta quinta, na Esag

* Publicado originalmente no portal Esag - Notíciashttp://www.esag.udesc.br/?idNoticia=13811



Encontro foi conduzido pelo professor Valério Turnes. Fotos: Gustavo Cabral Vaz

Cerca de 15 integrantes do Conselho de Segurança Municipal de Florianópolis (Consem) participaram nesta quinta-feira, 27, de uma oficina para construção de um plano de ação anual para o órgão, realizada no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), na Capital.

Promovido pelo programa de extensão Observatório Floripa Cidadã, o encontro foi conduzido pelo professor Valério Alécio Turnes, do curso de Administração Pública da Udesc Esag. Pelo centro de ensino, também participaram as professoras Paula Schommer e Emiliana Debetir, integrantes do observatório e do grupo de pesquisa Politeia.


Consem é formado por representantes
do setor público e da sociedade
Criado pela Prefeitura de Florianópolis, o Consem é formado por representantes do setor público e da sociedade: seus integrantes são indicados pelos governos municipal e estadual, pelo Poder Judiciário e por organizações da sociedade civil – a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e os Conselhos de Segurança (Conseg) de bairros.

Suas finalidades incluem discutir e propor ações na área da segurança pública da Capital, entre elas um Plano de Segurança para a cidade.

Na oficina desta quinta, a primeira de duas etapas para construção do plano anual, os participantes realizaram uma leitura da realidade atual, identificando prioridades e atribuições.

O próximo passo, com a definição do plano, ocorrerá em um novo encontro em 29 de setembro.

O observatório

Vinculado ao grupo de pesquisa Politeia, o programa de extensão Observatório Floripa Cidadã foi instituído no ano passado, motivado pelo envolvimento de docentes e discentes no Movimento Floripa Te Quero Bem e em atividades de duas redes de pesquisadores: a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis e a Rede Latinoamericana por Cidades e Territórios Justos, Democráticos e Sustentáveis.

Entre as ações desenvolvidas e acompanhadas pelos professores e acadêmicos no processo de criação do observatório, estiveram a elaboração de um relatório sobre os desafios de Florianópolis, apresentado em 2012 aos candidatos a prefeito, a aprovação da Lei do Plano de Metas pela Câmara de Vereadores, em 2013, e sua elaboração e execução pela Prefeitura Municipal, na atual gestão.


Elaboração do plano será concluída em novo encontro no final de setembro. Foto: Paula Schommer

A realização da oficina desta quinta foi coordenada pela acadêmica de Administração Pública Luiza Stein da Silva, como parte de seu trabalho de conclusão de curso.

Esta foi a segunda oficina promovida pelo Observatório Floripa Cidadã neste semestre. Na semana passada, o programa mobilizou estudantes de graduação e de mestrado e profissionais ligados à gestão pública para cinco encontros, também na Udesc Esag, que visaram disseminar o uso da abordagem Design Thinking no desenvolvimento de soluções para questões urbanas.


Leia mais:

21/08/2015 - Oficina na Udesc utiliza abordagem inovadora para desenvolver soluções para questões urbanas

Assessoria de Comunicação da Udesc Esag
Jornalista Gustavo Cabral Vaz
E-mail: gustavo.vaz@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8281   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conferência Regional da ISTR América Latina e Caribe ocorre de 18 a 20 de Outubro, em Quito, Equador

A 11 a edição da Conferência Regional da ISTR América Latina e Caribe ocorrerá de 18 a 20 de Outubro, em Quito, Equador. Pesquisadores do ...