terça-feira, 8 de agosto de 2017

Participação para Cidades Sustentáveis é tema de evento promovido pelo Instituto Arapyaú e pelo GVces no dia 21 de agosto



Participação para Cidades Sustentáveis


Quando: 21 de Agosto/2017 a 21 de Agosto/2017 - das 14:00 às 17:30 
Onde: Salão Nobre da FGV EAESP - Av. 9 de Julho, 2029, 4º andar, Bela Vista - São Paulo/SP
Evento aberto ao público interessado.
Não há cenário sobre o século 21 que ignore a centralidade do mundo urbano para o desenvolvimento sustentável. Consumo, poluição, mobilidade e desigualdades as mais variadas são alguns dos desafios centrais do modo de vida que mais cresce no mundo. Mas as cidades também são poderosas plataformas de encontro. Assim, longe de ser entendida como formalidade, entrave ou demagogia, a participação social é o reconhecimento da impossibilidade de se propor soluções efetivas sem acessar o vasto caldo de inteligência que se forja nas inumeráveis formas de viver e reproduzir a cidade e coloca o cidadão no centro da coprodução dessas soluções.
AGENDA DO DIA
13h30 | Café de boas vindas
14h00 | Abertura
:: Mario Monzoni, Coordenador do GVces_A participação social na busca pela sustentabilidade urbana
:: Rodrigo Agostinho, Gerente Executivo do Programa Cidades e Territórios_ O olhar do Arapyaú para cidades e territórios sustentáveis
14h30 | Mesa 1 - Agendas municipais: a participação como meio para o desenvolvimento de capacidades locais e de políticas públicas efetivas 
O olhar da participação em agendas municipais como meio para o desenvolvimento de capacidades locais e de políticas públicas efetivas, apresentando as experiências de construção de planos de visão de futuro em Sobral-CE (Sobral de Futuro) e Três Lagoas-MS (Três Lagoas Sustentável), e outros exemplos de coprodução de políticas públicas locais no Brasil.
:: Profª. Paula Schommer, Universidade Estadual de Santa Catarina
:: Romualdo Teixeira, liderança local e membro do grupo gestor do Plano Sobral de Futuro
:: Sonia Camargo, conselheira municipal e membro do grupo gestor do Plano Três Lagoas Sustentável
Debate com público com mediação de Sérgio Andrade (Agenda Pública) 

16h00 | Mesa 2 - Territórios de protagonismo da sociedade civil: desafios para engajamento e estratégias de diálogo com políticas públicas 
A abordagem territorial de agendas e os desafios para integração com políticas públicas em diferentes escalas. Serão apresentadas experiências da Casa Fluminense com a Agenda Rio 2017, e da Fundação Tide Setúbal com o Plano de Bairro Jardim Lapenna. Também serão discutidos modelos de governança territorial com ênfase nas especificidades de mobilização, disponibilidade e disseminação de informação e a busca de influência nas políticas públicas. 
:: Henrique Silveira, Casa Fluminense, Agenda Rio 2017 
:: Paula Galeano, Fundação Tide Setúbal, Plano de Bairro Jardim Lapenna 
:: Profª. Gabriela Brelàz, Universidade Federal de São Paulo
Debate com público com mediação da Daniela Gomes (GVces) 

17h30 | Encerramento
Falas finais GVces e Arapyaú

Nenhum comentário:

Postar um comentário